Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Pink Elephant Shoe

01
Dez16

PERCEBENDO O LOW SHAMPOO


Como eu treino bastante, tenho o hábito de lavar o cabelo todos os dias. Sinceramente, sempre acreditei que lavar o cabelo diariamente não se traduziria num problema; já tinha lido bastante acerca do assunto, mas tinha chegado à conclusão que não passaria de um mito. A verdade é que, tendo tornado este hábito recorrente, começo definitivamente a sentir uma perda de força nos meus fios. Posso dizer que cheguei a sentir-me assustada. É neste tom que comecei a experimentar constantemente novos produtos, desde suplementos a shampoos - hoje venho-vos apresentar o Low Shampoo da Yves Rocher


Obviamente que já todas ouvimos falar do movimento 'no poo'. Este movimento foi popularizado pela cabeleireira Lorraine Massey, no seu livro 'Curly Girl'. Ela defendia que as donas de cabelo bastante encaracolado ou frisado ou não deveriam utilizar shampoo nos fios ou deveriam utilizar shampoos mais leves - o conceito de 'no poo' e 'low poo'. No entanto, o movimento celebrizou-se e adaptou-se com sucesso a diferentes tipos de cabelo, deixando os fios menos ressequidos e, consequentemente, mais saudáveis. Com todo este sucesso, Lorraine Massey fundou a Deva Curl, criando assim os primeiros produtos capilares adaptáveis a este conceito. 

Os nossos shampoos habituais estão habitualmente carregados de sulfatos ou petrolatos. Os sulfatos são utilizados para realizar uma limpeza profunda aos fios, no entanto, com o uso contínuo são os responsáveis pelo ressecamento e perda de brilho do cabelo. Em resposta, tentamos solucionar o problema com petrolatos, que conferem brilho ao fio, no entanto formam uma espécie de capa nos cabelos que os impossibilitam de receber qualquer outro nutriente. Já estão a adivinhar certo? Em resposta, voltamos a procurar um shampoo com sulfatos na sua composição, isto sem termos qualquer tipo de consciência do que estamos a colocar no nosso cabelo. Em conclusão, tanto os sulfatos como os petrolatos estão proibidos neste conceito. Quanto os parabenos, agentes de desinfecção, não estão abolidos, mas devido à grande polémica relacionada com o excesso de estrogénio nestes componentes, não são aconselhados - estão inclusive a ser proibidos em alguns países. 



Com a popularização da técnica, foram muitas as marcas a conceber produtos com agentes de limpeza menos agressivos, que permitem a limpeza do fio e a sua consequente saúde a longo prazo. Hoje venho falar-vos um pouco sobre a minha adaptação com o Low Shampoo da Yves Rocher, que obviamente não contem nenhum dos componentes acima referidos. E falo em adaptação, porque quero que tenham consciência que é preciso um período para o cabelo se habituar a esta mudança. Existem pessoas cujo cabelo vai reagir naturalmente, e existem pessoas que vão passar por um período de duas, três semanas difíceis. Queria também referir que não estou a utilizar nenhum condicionador com o shampoo, visto não ter nenhum compatível - ou seja, sem nenhum dos componentes acima referidos. 

A textura do shampoo é literalmente de um creme. Ou seja, é uma sensação ligeiramente estranha quando o aplicamos pela primeira vez no cabelo. Não faz qualquer tipo de espuma. O cheiro é um pouco floral, mas bastante agradável. Todo o processo de lavagem é normal - ou seja, aplico em movimentos descendentes pelo cabelo, envolvendo levemente o shampoo com os dedos e enxaguo. Durante as primeiras lavagens, não via grandes diferenças no cabelo, ou seja, parecia apenas que tinha lavado o cabelo e pronto, sem grandes acrescentos.


Só perto do fim de uma boa dúzia de lavagens é que comecei a sentir mais vitalidade no cabelo. Quando falo de vitalidade, falo essencialmente na leveza do cabelo, especialmente ao toque. Falo na recuperação do brilho, que estava a perder, a pouco e pouco. A olho nu, a diferença tem de ser mesmo na beleza dos fios. Óbvio que ao fim de quase trinta lavagens ainda não sinto diferenças que possa ligar à saúde do meu cabelo, mas estou extremamente feliz com o resultado porque sei que estou a dar o melhor ao meu cabelo. Estou a pensar fazer-vos um feedback daqui a mais trinta lavagens, que vos parece?



Quanto ao produto em si, está aprovadíssimo para já! Obviamente que a consciência ambiental da Yves Rocher também está sempre presente e o facto de a embalagem ser um ecotubo é incrível. Podem adquirir este produto por apenas 4,50€ com a CONSELHEIRA DE BELEZA MÓNICA SOARES. Se utilizarem o código 'thepinkelephantshoe' usufruem de 15% de desconto, ficando por apenas 3,85€. Podem também encontrar a Mónica no INSTAGRAM


Ps. - Desculpem a review tão extensa, mas queria muito contextualizar-vos.
 Acreditem que ainda ficou muito por dizer, 
- e lá está a necessidade dos vídeos a aparecer.