Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Pink Elephant Shoe

24
Ago17

PALAVRA DE ORDEM: HIDRATAÇÃO!

rotina de verão

... Ou o que muda na minha rotina de Verão!

A hidratação é um passo que nunca deve ser dispensado, independentemente da estação do ano. No entanto, é óbvio que devido à exposição solar dos meses mais quentes, a pele e o cabelo necessitem de repor os níveis de hidratação mais prontamente. Com o Verão a meio, é de relembrar que este tipo de produtos são a melhor opção para manter a saúde da pele e recuperá-la face à acção do sol. 

O envelhecimento da pele é uma das principais consequências da exposição solar. Além da necessidade de protecção diária, a hidratação torna-se essencial para uma pele bonita e saudável. Primeiramente, e por mais óbvio que pareça, é de referir a importância da água no nosso quotidiano. Não é novidade para ninguém que mais de 80% do nosso corpo é composto por água e que é necessário repor os níveis da mesma ao longo do dia. Com a exposição solar e o calor, é quase inevitável que seja necessário hidratar o corpo para o seu melhor funcionamento - 1,5 litros diariamente, sem desculpas!

Como auxiliares, podemos sempre recorrer aos maravilhosos hidratantes. No rosto, opto por utilizar o meu creme nocturno habitual, mais de encontro às minhas necessidades. Porém, opto por máscaras faciais ricas em hidratação, duas vezes por semana. Recentemente, tenho experimentado alguns produtos da Embryolisse e estou fã da máscara hidratante da marca. Além de ser um produto extremamente rápido - posso mantê-la no rosto apenas por cinco minutos - sinto o meu rosto muito mais suave após a sua utilização. Quanto ao corpo, nunca dispenso o hidratante. Confesso que sou uma grande fã do Huile Prodigieuse da Nuxe. É muito fácil de aplicar, facilmente absorvido pela pele e o aroma é maravilhoso - já para não falar da vibe de Verão que me traz!

Por último, mas não menos importante, o cabelo. Com a exposição solar e a água salgada (e cloro da piscina), o nosso cabelo fica mais danificado e desnutrido. Para combater essa desidratação gosto de apostar em produtos after sun. A máscara de reparação da Rene Furterer é uma das melhores que já experimentei para recuperar e cuidar o cabelo nesta altura do ano. Brevemente, falarei em profundidade acerca dela. 

Quais são os vossos cuidados de Verão? Mudam algo na vossa rotina? 





23
Ago17

5 MÁSCARAS BARATAS QUE VALEM A PENA!

mascaras de pestanas baratas

Vamos ao pestanão a menos de 10€?

Algo que não dispenso na minha maquilhagem diária são umas pestanas mais dramáticas e cheias de volume. Naturalmente, é um dos produtos que experimento com mais regularidade e a minha lista de favoritos já é consideravelmente extensa. No entanto, é sempre bom lembrar que não é necessário gastar muito para obter um efeito bonito durante todo o dia - deixo-vos com as minhas máscaras de pestanas de volume favoritas.




AVON MARK SPECTRALASH MASCARA // Uma das melhores máscaras que já experimentei, sem exageros. Resulta super bem nas minhas pestanas - dá um volume e curvatura lindíssimos e tem uma óptima durabilidade. Não tenho qualquer problema com grumos ou com queda durante o dia. A máscara tem uma particularidade que me cativou bastante: posso controlar a quantidade de produto que aplico. Basicamente, a máscara tem 3 níveis diferentes, que vão do mais natural ao mais dramático. Brevemente, sairá uma review em detalhe apenas acerca dela. Entretanto, se quiserem adquirir algum produto da Avon podem fazê-lo junto da queridíssima Carolina e utilizar o código 'CATIAR15' para 15% de desconto nas vossas compras. 

ESSENCE GET BIG LASHES // Uma das primeiras máscaras da Essence que experimentei. Inicialmente adquiri a versão preta. que não é à prova de água. Realmente, obtive um efeito de volume incrível, mas com bastante queda ao longo do dia. Remediei o problema com a versão à prova de água. A única coisa que tenho a apontar é que tenho de remover o excesso de produto da escova antes da aplicação, senão arrisco-me a ficar com alguns grumos. Ainda assim, utilizo-a imenso no quotidiano!

MAYBELLINE THE FALSIES // Uma das minhas máscaras preferidas e que está constantemente em stock cá por casa. Dá um efeito separado mas ainda assim volumoso às pestanas. Não cria grumos, o aplicador doseia a máscara na perfeição e o resultado é sempre lindíssimo. Tem uma duração fantástica e não me apercebo de qualquer queda ao longo do dia. É também uma máscara que mantém a curvatura da pestana bonita durante todo o dia. Sou fã!

ESSENCE LASH PRINCESS // Ainda não tive oportunidade de experimentar todas as cores, mas a versão verde é óptima! Confere um volume e alongamento muito bonito às pestanas e é bastante fácil de aplicar. Não sinto que as minhas pestanas ficam pesadas ou com grumos. Penso que seja uma máscara muito completa e acaba por conferir um efeito quase de pestanas falsas, pelo efeito mais dramático. Uma óptima surpresa - e com certeza que acabei por experimentar as restantes versões.

MAYBELLINE THE COLOSSAL // Outra máscara que me acompanha praticamente desde o início na jornada da maquilhagem. Recompro-a imensas vezes, porque nunca me deixa ficar mal. O resultado é sempre perfeito! É uma das poucas máscaras que consigo construir sem ficar com as pestanas com um efeito 'patas de aranha'. O efeito é super dramático e confere um volume indescritível! Recomendo vivamente!

Quais são as máscaras mais económicas que recomendam? Quais têm utilizado?   





22
Ago17

CATRICE VOLUMIZING LIP BOOSTER

CATRICE VOLUMIZING LIP BOOSTER
Catrice Volumizing Lip Booster

Eu ainda sou uma rapariga de mates - calma, que ainda não mudei de equipa! Adoro um bom batom de acabamento mate, mas volta e meia lá me rendo às tendências e experimento novas texturas. Não me lembro da última vez que utilizei um gloss. A minha última tentativa não foi bem sucedida - ler mais aqui - mas nem por isso, ia desistir. Eu também quero uns lábios suculentos para o Verão, ora. 


Após a última experiência, mantive os mesmos padrões: pretendia um produto económico, com uma cor mais neutra que me permitisse combinar com o maior número de batons possível. Numa das minhas últimas encomendas na Fapex, deparei-me com o Catrice Volumizing Lip Booster e a premissa pareceu-me perfeita. Além de pretender dar um brilho lindíssimo aos lábios, possui mentol na sua composição, prometendo dar um ligeiro plump no volume dos mesmos. Por um preço tão apetecível, teve mesmo de vir parar cá a casa. 

CATRICE VOLUMIZING LIP BOOSTER

Mais uma vez, fiquei surpreendida com a Catrice. A relação qualidade-preço da marca é óptima e facilmente me deparo com boas surpresas. O Volumizing Lip Booster trata-se de um nude mais rosado, mas bastante versátil. Tem realmente um aroma bastante notório a mentol e deixa um ligeira dormência nos lábios, que os aumenta visivelmente. Este efeito de volume apenas se mantém durante a primeira meia hora, o que a mim não me incomoda minimamente. A dormência não é excessiva ou desconfortável. Assemelha-se a uma espécie de pequenas cócegas no lábio. No entanto, o que me conquistou neste gloss foi mesmo a fórmula.  A textura é bastante leve e deixa realmente um brilho quase espelho nos lábios, extremamente bonito. Como a maioria dos glosses, é um pouco colante, mas nada que considere problemático. 

CATRICE VOLUMIZING LIP BOOSTER

Adoro a forma como funciona quando combinado com outros batons. Gosto de o utilizar com um batom nude ou rosa por baixo - o subtom do Volumizing Lip Booster realça ainda mais estes tons. Apesar de não ficar extremamente pigmentado quando aplicado com um batom, o efeito de brilho é o mesmo! Deixa os lábios super carnudos e suculentos, com um efeito molhado que é quase impossível não adorar. O efeito gloss dura perto das três horas, o que considero óptimo tendo em conta o quão acessível o produto é.

CATRICE VOLUMIZING LIP BOOSTER

Em suma, e apesar de ser um gloss colante, o Volumizing Lip Booster é um produto a experimentar. Um aroma bastante fresco e um resultado super Verão, que realça o volume dos lábios de uma forma que considero lindíssima. 

Que produtos da Catrice recomendam? Já conhecem o Volumizing Lip Booster?





Pág. 1/5