Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Pink Elephant Shoe

10
Set16

5 CONSELHOS PARA COMER MELHOR

mais inspiração e receitas aqui

Sempre fui a favor da alimentação saudável, mas a verdade é que quando saí de casa dos meus pais, tornou-se muito mais difícil conseguir comer bem. Tudo complicava - ou era o horário de trabalho que não me permitia fazer refeições a horas certas, ou o tempo que tinha que não me permitia cozinhar em antemão, ou o facto de trabalhar num centro comercial cujas opções na área de restauração eram tudo menos saudáveis... Tudo desculpas, portanto. Foi um caos orientar a minha vida para começar a andar com marmitas e tupperwares atrás, mas hoje isso é uma realidade. Óbvio que ainda tenho deslizes aos pontapés - um shout out para os jantares com os amigos! - mas, na maioria, tento fazer um esforço para me preocupar com o que ingiro. Temos todos de começar por algum lado e, se essa é a vossa vontade aconselho-vos a ler estes cinco conselhos que vos deixo.

Pequenas mudanças, grandes resultados.

É muito fácil fazermos pequenas substituições no nosso dia-a-dia. Por exemplo, trocar o pão branco por pão escuro ou de sementes, trocar o óleo vegetal por óleo de coco ou o queijo flamingo por queijo fresco. E talvez a massa e o arroz comuns por opções integrais. Coisas que em nada alteram o nosso quotidiano, mas acabam por fazer toda a diferença no tipo de nutrientes que estamos a ingerir. Pessoalmente, acho que o truque é acreditarmos que não estamos cortar alimentos, mas sim a escolher de forma educada a melhor hipótese. Basicamente, aprendermos que se realmente nos apetece uma sobremesa, há sempre a opção da fruta fresca ou da gelatina em vez da mousse de chocolate.

Quebrar a rotina com criatividade

Quando comecei a tentar comer melhor, não demorei nada a aborrecer-me. Como o meu reportório de receitas se limitava a natas e a frigideira, acabava por fazer sempre as mesmas refeições. A conclusão da falta de diversidade são obviamente as carências. Quando os sabores não variam no palato, é normal que o nosso corpo peça automaticamente outras coisas. É por isso que é muito importante pesquisarem receitas diferentes e saírem fora da vossa zona de conforto no que toca à culinária. Tenho uma publicação aqui no blog sobre alguns blogs que adoro consultar quando me falta a inspiração; podem consultá-la aqui


Mais refeições, menos porções. 

Sabem aquelas alturas em que estamos a morrer de fome e repetimos o prato principal duas vezes? Exacto, é exactamente isso que devemos evitar. Comer com duas a três horas de intervalo entre refeições evita os grandes ataques de fome, onde acabamos a comer em excesso. Ingerir alguns snacks como frutos secos, gelatina ou fruta entre as refeições principais é o truque para estarmos sempre satisfeitos, sendo que é muito importante fazê-lo com peso e medida. Comer devagar e sem distracções para percebermos quando o nosso estômago está saciado é uma óptima dica para ajudar a regular as porções.

Beber água "como deve de ser".

Penso que nem sequer vale a pena referir a importância da água no nosso quotidiano. A melhor altura para beber água é ao acordar. Apenas um copo ajuda todo o sistema a 'arrancar'. Se juntarmos umas gotas de limão, estamos também a ajudar na eliminação de toxinas. Ainda assim, continua difícil para algumas pessoas ingerir o mínimo de 1,5 litros por dia. Um óptimo truque é beber um copo de água cheio antes de cada refeição - o que também vai ajudar o corpo a sentir-se mais saciado. No entanto, não devemos acompanhar as refeições com água porque, neste caso, pode dificultar digestão.

Comer vegetais a todas as refeições.

Criar o hábito de comer uma sopa ou uma salada a acompanhar todas as refeições ajuda imenso a comermos melhor. Para além de atingirmos mais rapidamente a sensação de saciamento, recebemos facilmente uma boa dose dos nutrientes e vitaminas necessários para o dia-a-dia. Para além de que, consequentemente, não temos de abusar nos hidratos de carbono para nos sentirmos cheios.

Dicas muito simples e acima de tudo facilmente adaptavéis à nossa rotina. Se for do vosso agrado, tenho todo o prazer em começar a mostrar-vos algumas das minhas refeições aqui no blog. Alguma receita saudável a que não resistam?





50 comentários

Comentar post

Pág. 1/5